google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Campeonato Mineiro: América e Athletic desbancam Cruzeiro e Atlético e saem na frente nas semifinais


Foto: Maurão Panda/ América F.C.

O América-MG mostrou força e derrotou o Cruzeiro por 2 a 0 na partida de ida das semifinais do Campeonato Mineiro. Com a vantagem obtida neste sábado (11) na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Coelho avança para a grande decisão mesmo com um revés por dois gols de diferença na partida de volta.


O primeiro tempo da partida foi de oportunidades para os dois lados. Mas o América-MG, que chegou em uma situação mais confortável após fazer uma campanha melhor na primeira fase da competição, foi mais eficiente e abriu o placar aos 23 minutos. Juninho recebeu lançamento na área e escorou para o atacante Aloísio, que, com frieza, bateu de primeira para colocar no fundo da rede.


A etapa final começou com a Raposa criando oportunidades em busca do empate. Porém, o Coelho foi cirúrgico aos 16 minutos, quando jogada rápida de contra-ataque terminou em cruzamento rasteiro de Felipe Azevedo para Juninho, que escorou com categoria para fechar o marcador.


Aos 30 minutos o juiz ainda marcou pênalti a favor do Cruzeiro, mas ele voltou atrás após o VAR (árbitro de vídeo) indicar que houve impedimento no decorrer da jogada. Com isso, o placar permaneceu sem mais alterações até o apito final.



Na disputa dos Alvinegros, deu Athletic


Foto: Pedro Souza/ Atlético.

O Athletic Club derrotou o Atlético-MG por 1 a 0, neste domingo (12) no Estádio Joaquim Portugal, em São João Del-Rei, e saiu na frente na busca por uma vaga para a final do Campeonato Mineiro. O classificado será definido em partida disputada no Mineirão.


Concentrado na busca pela classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores (o Galo tem partida decisiva contra o Millonarios, da Colômbia, na próxima quarta-feira no Mineirão), o Atlético-MG poupou algumas peças.


Com a formação alternativa, a equipe comandada pelo técnico argentino Eduardo Coudet não apresentou um bom futebol e foi punido no último minuto da primeira etapa quando o árbitro, após recomendação do VAR (árbitro de vídeo), marcou pênalti porque a bola explodiu no braço do zagueiro Réver. O atacante Jonathan foi então para a cobrança e abriu o marcador.


No início do segundo tempo o Galo teve a oportunidade de igualar o placar em cobrança de pênalti. Mas Hulk, que entrou no gramado após o intervalo, chutou a bola na trave. A partir daí o Athletic Club administrou a vantagem até o minuto final.



Com informações da Agência Brasil

1 visualização0 comentário

コメント


bottom of page