google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Bragantino vence Águilas Doradas nos pênaltis e se classifica para próxima fase da Pré-Libertadores

Em jogo truncado, Águilas Doradas conseguiu levar o jogo para os pênaltis. Nas penalidades máximas, porém, quem se deu melhor foi o Bragantino.


Em partida válida pela 2ª fase preliminar da Copa Libertadores, Bragantino e Águilas Doradas empataram em 0 a 0, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. A partida foi resolvida nos pênaltis, e o Bragantino conseguiu levar a melhor pelo placar de 4 a 3 e garantiu classificação para próxima fase.


COMO FOI O JOGO?


O Águilas Doradas entrou com um 5-4-1 e  fechou muito o meio-campo, dando pouco espaço para o Bragantino criar chances e tentando explorar possíveis contra-ataques. As principais chances da equipe de Bragança vieram em bolas roubadas no ataque, que pegando a defesa de surpresa. Aos 11', em saída de bola errada de Quiñonez, que já tinha tomado cartão amarelo minutos antes, a bola chegou em Vitinho, que ficou cara a cara com o goleiro Contreras. O venezuelano fez ótima defesa.


Aos 36', outra chegada perigosa a partir de uma roubada de bola. Léo Ortiz recuperou a posse no meio campo e achou ótimo passe para Vitinho, mas ele foi desarmado antes de chutar. Essas foram as jogadas mais emocionantes do 1º tempo, que ficou marcado por um Águilas fechado e um Bragantino pouco criativo.


Pedro Caixinha promoveu mudanças no intervalo. Tirou Vitinho e colocou Thiago Borbas, recuando Sasha para o meio-campo e jogando Lincoln para a ponta. Isso foi positivo para o setor ofensivo. Sasha fez muito bem essa posição de meio-campo e foi importante para a melhora da equipe do interior de São Paulo no 2º tempo. Mesmo com a melhora do Braga, a maior chance de gol do jogo veio do lado colombiano. Aos 54', Rivas chutou na trave após escanteio e a bola passeou em cima da linha. Léo Ortiz apareceu para tirar na hora certa e salvar o Massa Bruta.


Aos 67', o Bragantino teve mais uma boa chance. Após boa jogada de Helinho, Thiago Borbas recebeu uma das poucas oportunidades de finalização do jogo. O uruguaio, porém, chutou fraco e o goleiro defendeu tranquilamente. O Águilas Doradas ainda teve mais uma chance com Rivas novamente, que dessa vez chutou para fora. O Bragantino tentou ir para cima, mas foi pouco efetivo e não conseguiu levar grandes perigos para o gol do goleiro Contreras. A partida, então, foi decidida nos pênaltis.


PENALIDADE MÁXIMA

Salazar, um dos jogadores mais perigosos do Águilas, foi eleito para abrir as cobranças. Ele chutou no meio do gol e Cleiton fez boa defesa. A partir daí, 100% de aproveitamento nas próximas cobranças. Lincoln, Nathan, Luan Cândido e Léo Ortiz para o Red Bull Bragantino. Pineda, Garavito e Quiñónes para o Águilas.


Na última cobrança, precisando fazer o gol para se manter na disputa, Góez chutou para fora e garantiu a classificação para o time do interior paulista. Com esse resultado, o Bragantino se classificou para a 3ª fase preliminar da Copa Libertadores e enfrenta ou Botafogo ou Club Aurora, da Bolívia. A partida de volta entre os dois acontece quarta-feira, às 21h30, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).


Comments


bottom of page