google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Balanço da rodada (dupla) da F1- GP da Inglaterra e GP dos 70 anos

Atualizado: 15 de ago. de 2020


Circuito é histórico e foi o escolhido para comemorar os 70 anos da F1. Imagem: Google Maps.

Seguindo o cronograma (confuso) da temporada de 2020, tivemos nos últimos dois finais de semana, corridas no clássico circuito de Silverstone. A consagrada pista recebe a fórmula um desde o começo de sua história, e foi escolhida para celebrar os 70 anos da mais alta categoria do automobilismo.


Na primeira corrida, tivemos poucas emoções, com os principais destaques no final da corrida, onde os carros da Mercedes tiveram problemas nos pneus, ocasionando num quase abandono de Valtteri Bottas, e também mostrando um final conturbado e emocionante para Lewis Hamilton.


Hamilton teve um de seus pneus estourados na ultima volta. Imagem: Divulgação/Instagram


O piloto inglês sofreu com as avarias do seu pneu dianteiro esquerdo e terminou a corrida pressionado por Max Verstappen, seguido pelo jovem talento da Ferrari, Charles Leclerc, que alcançou o segundo lugar quando o Finlandês da Mercedes acabou estourando o pneu e ficou para trás.


Falando em Leclerc, o Monegasco vem fazendo milagres com o carro da Scuderia Italiana, que apresenta um desempenho bem abaixo do comum. Mesmo com a falta de potência e os problemas de estratégia, Charles tem mostrado o motivo dele ser considerado um dos melhores pilotos do grid.



Leclerc tem levado alegria aos fãs, mesmo na fase conturbada da Ferrari. Imagem: Divulgação/Instagram


E sim, isso foi tudo de empolgante que aconteceu no primeiro fim de semana e Grã-Bretanha, acredite se quiser.


No segundo final de semana, tivemos uma novidade que fez 90% dos espectadores felizes: uma Red Bull no lugar mais alto do pódio. Depois de 4 corridas seguidas com plena hegemonia das Mercedes, o holandês voador da RBR, o jovem Verstappen conseguiu quebrar o padrão e chegou em primeiro lugar no GP de comemoração dos 70 anos da F1.


Em um final de semana histórico, Verstappen brilhou com sua RBR. Hamilton pouco apareceu. Imagem: Divulgação/Instagram


Um dos "Highlights" da corrida foi um pitstop simplesmente Brilhante feito pela equipe da Red Bull, mantendo a liderança da prova e antecipando os passos da Mercedes, que ainda lidera o Campeonato.



Estratégia da RBR salvou a corrida de Verstappen. Imagem: Divulgação/Instagram


No final do domingo, tivemos um pódio com Max no topo, seguido por Hamilton e Bottas. A outra equipe "de ponta", a Ferrari, teve um quarto lugar de Leclerc como sua melhor colocação. A equipe viu ainda o clima esquentar com Sebastian Vettel. O alemão rodou na oitava volta e acabou ficando em último lugar, mas depois se "recuperou", terminando em 12º.


O clima está esquentando na Ferrari, e as próximas corridas prometem.Nesse final de semana, teremos o GP da Espanha, que promete grandes emoções com a onda de calor espanhola.

Até a próxima!

37 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page