google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Atlético-MG x São Paulo: Tudo o que você precisa saber sobre a partida desta quinta (11) pelo Brasileirão!

Atualizado: 15 de jul.

Com o retorno de jogadores importantes, Galo pretende voltar a vencer para se recuperar na competição. Já o Tricolor busca manter sua posição no G4.

Arena MRV será o palco de Atlético x São Paulo. (Foto: Daniela Veiga/Atlético)

Atlético-MG e São Paulo se enfrentam nesta quinta (11), vivendo momentos diferentes na Série A. O Alvinegro está na 12ª colocação com 18 pontos, enquanto a equipe paulista está em 4º lugar. A bola rola às 21h30, na Arena MRV, em Belo Horizonte, válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Dimensão Esportiva transmite a narração do jogo, a partir das 21h (horário de Brasília), o link da transmissão do confronto estará no final desta edição.


DESTAQUES DA PARTIDA


ATLÉTICO-MG


O Atlético-MG vem de nova goleada sofrida, desta vez para o Botafogo por 3 a 0 jogando no Nilton Santos. Em partida ruim e jogando com um a menos desde o primeiro tempo, o placar agravou ainda mais a crise no clube, que já vinha enfrentando problemas com lesões, expulsões e jogadores com suas seleções ao longo do campeonato.

Hulk na derrota para o Botafogo. (Foto: Pedro Souza/Atlético)

Contra o clube paulista, uma vitória é determinante para melhorar o clima na Cidade do Galo, além de melhorar o retrospecto ruim dentro de casa, com apenas uma vitória (3 a 0 contra o Cruzeiro na terceira rodada), em sete jogos.


O alvinegro está na 12ª posição, com 18 pontos, sendo 4 vitórias, 6 empates e 4 derrotas. Vale ressaltar que o os mineiros possuem dois jogos a menos em relação a maioria dos adversários.


MILITO VIVE MOMENTO RUIM NO GALO


O elenco do técnico Gabriel Milito venceu apenas um dos últimos sete duelos e, devido aos inúmeros desfalques, sofreu para encontrar uma escalação ideal. Alguns torcedores têm se irritado com as improvisações feitas por ele. O meio-campista Gustavo Scarpa vem sendo escalado pela faixa esquerda do campo e não tem rendido como esperado, por não ser sua posição de origem.


Agora, com o retorno de Guilherme Arana após a eliminação da seleção brasileira, existe a possibilidade de Scarpa jogar pelo lado direito, que é a preferência do argentino.

Gabriel Milito vive momento delicado à frente do Galo. (Foto: Pedro Souza/Atlético)

Quando derrotado pelo Flamengo na quarta (3), o treinador foi questionado sobre as improvisações, principalmente a do volante Battaglia que vem jogando na zaga. Incomodado, rebateu: "Improvisar é fazer algo que não se treina. Nós treinamos. Quero recordar que Battaglia jogou como zagueiro sempre quando tivemos Otávio. Quando ganhávamos, era elogiado. Agora que estamos perdendo, há críticas", destacou Milito.


“Eu não improviso. Eu pratico isso. Battaglia fez muitas partidas ali e foi muito bem. Agora que recuperamos Otávio, considero que ele pode jogar ali. Improvisar seria colocá-lo de ponta ou atacante. Seria o mais antinatural. Ele deu respostas positivas num momento importante como na Libertadores e no início do Brasileiro. Depois, com as baixas, se fez necessário usá-lo ali. Não podemos passar uma mensagem errada e equivocada”, completou o treinador.


EXCESSO DE EXPULSÕES


Além de problemas com jogadores entregues ao departamento médico, o alvinegro sofre com problemas disciplinares nos jogos. A equipe lidera o ranking de jogadores advertidos no Campeonato Brasileiro 2024, com cerca de sete expulsões em 14 jogos, uma média de um expulso a cada duas partidas.


Contra o Botafogo, Igor Rabello deixou o campo logo aos 24 minutos do primeiro tempo. Ele cometeu falta como último homem no atacante Luiz Henrique, que ia em direção ao gol atleticano. A embate já estava 1 a 0 para o Glorioso, e com a expulsão, os mineiros pouco puderam fazer para evitar a derrota iminente.

Igor Rabello foi expulso contra o Botafogo. (Foto: Pedro Souza/Atlético)

Segundo o Espião Estatístico do ge.globo, nas últimas 10 edições do Brasileirão, o Atlético-MG lidera a marca negativa de mais advertências por cartão vermelho. O clube superou Flamengo (2018), Vasco (2018), Fluminense (2019), Internacional (2021), Coritiba (2022) e Juventude (2022), todos com seis cartões vermelhos nesse intervalo de partidas.


Outro dado negativo do momento do Galo é o número de gols sofridos de chutes de fora da área: são cerca de 8 gols nas redes atleticanas nos últimos 9 jogos. No Nilton Santos, os três gols marcados pelo Botafogo foram em lances de longa distância.


PROTESTO DA TORCIDA

Após o revés contra o Glorioso, a sede do Galo, no bairro de Lourdes em Belo Horizonte, amanheceu pichada com a seguinte frase: "4 Rato$". A frase se refere aos empresários donos do clube, conhecidos como os 4R's: Rubens Menin e Rafael Menin, também donos da MRV e do banco Inter; Ricardo Guimarães, do banco BMG; e Renato Salvador, do hospital Mater Dei.

Sede de Lourdes amanhceu pichada na segunda (8). (Foto: reprodução/Camisa 12)

A imagem da pichação foi divulgada pelo site Camisa 12, que cobre o dia a dia do alvinegro. Nesta terça (9), o clube já havia apagado a frase e não quis se pronunciar sobre o episódio.


Ainda na terça, uma faixa foi colocada em frente à rádio Itatiaia, da qual Rubens Menin também é dono. A faixa continha os seguintes dizeres: "SAFadeza! Fora 4Rs! Imprensa amansada! Devolvem o Galo!". Essa foi uma crítica ao mecenas e à rádio, que, segundo os torcedores, tem crucificado o técnico Gabriel Milito em vez da diretoria, que não dá condições ideais de trabalho ao argentino por não realizarem contratações.

Faixa em protesto contra o empresários donos do Atlético-MG. (Foto: reprodução/Fala Galo)

DESFALQUES E RETORNOS


Milito tem retornos importantes pensando em montar uma escalação ideal, como o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que volta após a eliminação da Seleção Brasileira na Copa América, e o zagueiro Rômulo, que está à disposição após cumprir suspensão diante do Botafogo. O lateral-direito Saravia está em transição física e há a expectativa de que o atleta esteja entre os relacionados contra o São Paulo.

Arana está à disposição após retornar da Seleção Brasileira. (Foto: Pedro Souza/Atlético)

Baixas confirmadas para o confronto do lado alvinegro são: Everson (recuperando-se de cirurgia no dedo mínimo da mão esquerda); Maurício Lemos (lesão muscular); Rubens (lesão no joelho); Igor Rabello (cumprirá suspensão automática pelo cartão vermelho contra o Botafogo); Alisson (lesão no tornozelo); Zaracho (lesão no púbis) e Mariano (edema na coxa).


O técnico argentino só poderá contar com os novos reforços Bernard, Lyanco e Junior Alonso, oficializado nesta quarta (10), contra o Juventude, na terça (16), jogando no Alfredo Jaconi. A janela de transferências brasileira abriu nesta quarta-feira, e os atletas não serão inscritos a tempo do confronto contra o Tricolor.


SÃO PAULO


O Tricolor Paulista vive uma crescente no Campeonato Brasileiro após quatro vitórias consecutivas. Na última rodada, o triunfo sobre o RB Bragantino por 2 a 0 colocou a equipe em 4º lugar, dentro da zona de classificação direta para a Copa Libertadores de 2025. Os gols da partida foram marcados por André Silva e Luciano.

Zubeldía quer surpreender o Galo jogando em Minas. (Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/Saopaulofc.net)

Agora, o técnico Luís Zubeldía, que volta depois de cumprir suspensão contra o Massa Bruta, busca aproveitar a má fase do Galo para surpreender jogando na Arena MRV e conquistar os três pontos. Com 27 pontos (8 vitórias, 3 empates e 4 derrotas), uma vitória são-paulina pode aproximar a equipe da liderança, que está a apenas quatro pontos do líder Flamengo, com 31 pontos.


DESFALQUES E RETORNOS


Zubeldía terá à disposição os atacantes Calleri e Ferreira reintegrados após cumprirem suspensão contra o Bragantino. O zagueiro Nahuel Ferraresi, que estava com a Seleção Venezuelana, e o goleiro Rafael, que esteve na Seleção Brasileira, retornam da Copa América. Rafinha está em transição física por fratura na fíbula esquerda e é dúvida.

Calleri retorna após cumprir suspensão contra o Bragantino. (Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/Saopaulofc.net)

São desfalques Michel Araujo (estiramento colateral no joelho esquerdo), Juan (trauma no joelho esquerdo), Pablo Maia (lesão no tendão conjunto do semitendíneo e bíceps femoral da coxa esquerda) e Galoppo (trauma no dorso do pé direito).


HISTÓRICO DO CONFRONTO


Segundo o site ogol.com.br, Atlético-MG e São Paulo já se enfrentaram em 87 oportunidades. A equipe mineira tem vantagem, triunfando 32 vezes, enquanto os paulistas venceram 28 partidas. O confronto ainda soma 27 empates. O último encontro foi no Campeonato Brasileiro passado, com vitória alvinegra por 2 a 1.


PROVÁVEIS ESCALAÇÕES


Atlético-MG: Matheus Mendes, Arana, Bruno Fuchs, Battaglia, Saravia; Otávio, Alan Franco, Scarpa; Vargas, Paulinho, Hulk. Técnico: Gabriel Milito


São Paulo: Rafael, Igor Vinicius, Arboleda, Alan Franco, Welington; Luiz Gustavo, Alisson, Luciano; Lucas, Calleri, Ferreira. Técnico: Luís Zubeldía


*As escalações podem ser alteradas e a oficial deve ser anunciada uma hora antes do jogo


ARBITRAGEM:


  • Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

  • Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA/RS) e Leone Carvalho Rocha (GO)

  • Quarto árbitro: Luciano da Silva Miranda Filho (CE)

  • VAR: Rodrigo Nunes de Sa (VAR-FIFA/RJ)


TRANSMISSÃO:


Dimensão Esportiva



Narração: Bruno Amoreli

Comentários: Pedro dos Santos e João Rocha

Reportagem: João Miguel (Atlético-MG) e Alícia Soares (São Paulo)

Técnica: João Rocha


OUTROS MEIOS:


TV Aberta: TV Globo

TV Fechada e Streaming: Premiere


Commentaires


bottom of page