google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

ANÁLISE: Porque os Lions podem brigar pela divisão em 2023?


Reprodução: @detroitlions

Presente em uma das divisões mais equilibradas da NFC, os Lions surpreenderam ao terminarem na frente do Green Bay Packers e ter brigado por Wild Card até a décima sétima semana da temporada regular.


Com um ataque muito competente, que combinou para médias de 26 pontos por partida, mas com uma defesa muito frágil e ineficiente. Apesar de ter vencido apenas 5 jogos por uma posse, quando enfrentava ataques mais fortes, era bastante comum tomar mais de 30 pontos e perder de duas a três posses. Com a pior defesa da NFL, tiveram medias de 25 pontos sofridos por partida e alguns resultados bastante largos, como 48 a 45 sofrido contra os Seahawks.


Com muitas escolhas advindas ainda da troca de Matthew Sttaford, a expectativa era de que a franquia do Michigan selecionasse alguns bons nomes de defesa. Mesmo com a possibilidade de draftar Jalen Carter, os Lions trocou sua sexta escolha para ter duas opções no draft, passando o melhor prospecto defensivo.


Fora isso, fez uma escolha questionável ao escolher o running back Jamhyr Gibbs na décima segunda escolha, passando os bons nomes de defesa Lukas Van Ness, Will McDonald IV e Christian Gonzalez.


Fora Gibbs, a escolha de um Quarterback de idade alta, Trenton Hooker, na terceira rodada não se justificou e piorou mais ainda com a chegada de Teddy Bridgewater, que torna uma escolha de terceira rodada um terceiro reserva, deixando passar um bom DT, Byron Young.


Apesar de tudo isso, escolhas interessantes como Jack Campbell, Sam Laporta, Brian Branch e Broderic Martin equilibraram o draft da franquia, que na free agency melhorou ainda mais seu sistema defensivo.


As chegadas de Alex Anzalone, Cameron Sutton, C.J Gardner-Johnson, John Cominsky e Emanuel Moseley geram profundidade e qualidade para uma defesa carente de peças. A tendencia é que os jogos divisionais sejam mais tranquilos e derrotas acachapantes sejam menos frequentes.


O calendário é um fator preocupante, estreia contra o atual campeão e recebe um rival por possível Wild Card logo em seguida. A chave serão os jogos em casa e os confrontos divisionais. Fazendo um 4-2 na divisão, e vencendo confrontos tranquilos em casa, como Falcons e Raiders, pode sim passar como campeão na divisão.


Com um bom sistema ofensivo, uma OL consistente e reforços na endzone, a tendência do ataque dos Lions é evoluir. Gibbs e Laporta mostraram bastante qualidade e versatilidade, e são mais peças que se juntam a um QB que fez uma temporada de top 10 em 2022.


Apesar de ainda ser a segunda força, quando comparamos com o bom ano do Vikings, ainda sim se apresenta como um time mais equilibrado, com uma boa reformulação na defesa, com o amadurecimento de algumas peças e a tendencia de Jared de Goff é de crescimento, o Lions pode e deve sonhar com titulo.



Expectativa:


Com reforços, evolução do jogo ofensivo e chegada de jovens valores com um excelente teto, o Lions terá um avanço no ataque e terá mais consistência, deixando os episódios contra Patriots e Cowboys coisas do passados e raras nesse ano.


A defesa foi amplamente reforçada e é esperado uma redução brusca na média de pontos sofridos por partida. Com uma melhor secundaria o time pretende melhorar um problema enorme da temporada passada: Passe em profundidade.


Com essas melhorias, o Lions deve fazer partidas mais seguras, menos voláteis e ter uma cobertura muito melhor do fundo do campo, diminuindo consideravelmente a distancia para os Vikings e abrindo uma boa margem para Bears e Packers.



Recorde Previsto:


11 - 6


Jogos e Palpites:


Semana 1: Chifes - Fora - Derrota

Semana 2: Seahawks - Casa - Derrota

Semana 3: Falcons - Casa - Vitória

Semana 4: Packers - Fora - Derrota

Semana 5: Panthers - Casa - Vitória

Semana 6: Buccanears - Fora - Vitória

Semana 7: Ravens - Fora - Vitória

Semana 8: Raiders - Casa - Vitória

Semana 9: Bye Week

Semana 10: Chargers - Fora - Derrota

Semana 11: Bears - Casa - Vitória

Semana 12: Packers - Casa - Vitória

Semana 13: Saints - Fora - Vitória

Semana 14: Bears - Fora - Vitória

Semana 15: Broncos - Casa- Vitória

Semana 16: Vikings - Fora - Derrota

Semana 17: Dallas - Fora - Derrota

Semana 18: Vikings - Casa - Vitória



Lembrando que o Dimensão Esportiva fará a cobertura total da NFL e do College Football nessa temporada. Os jogos transmitidos e as equipes serão divulgadas aqui no site e nas redes sociais do DE: @dimensao_esp no Twitter/X e @dimensao.esportiva no Instagram.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page