google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

4 jogadores que podem ser trocados para os Blazers pela 3ª pick do draft

O Portland Trail Blazers terminou a loteria do draft da NBA com a terceira escolha geral. Segundo John Hollinger, do The Athletic, a equipe está interessada em trocar seu capital de draft por um veterano que possa ajudar Damian Lillard a elevar a competitividade dos Blazers. Com isso, confira 4 jogadores que podem ser trocados pela escolha de Portland na primeira rodada:


Damian Lillard comemoração
Imagem: Reprodução/NRP.org

Jaylen Brown (Boston Celtics)

Atualmente, a equipe dos Celtics está bem estruturada, sendo um elenco que briga diretamente por títulos. Contudo, o cenário para o futuro conta com incertezas, uma delas é a permanência de Jaylen Brown (“o homem mau”).


O contrato de Brown com o Boston Celtics está próximo do fim e, se a equipe entender que há mais valor com uma troca do que a renovação, abre-se uma chance de eles aproveitarem a disponibilidade da terceira escolha dos Blazers. O ala-armador do Celtics poderia ser uma excelente dupla para Damian Lillard, um nome de confiança.


Jaylen Brown é um jogador que contribui bastante nos dois lados da quadra, tendo médias de 26.6 pontos, 6.9 rebotes, 3.5 assistências por jogo, tendo 47.7% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 36.5% de aproveitamento arremessando do perímetro.


Deandre Ayton (Phoenix Suns)

O Portland Trail Blazers precisa de volume na proteção de aro, isso é um fato. A equipe disse que tem preferência por um reforço que ajude o lado defensivo do time. O pivô de Phoenix já se mostrou disposto a assinar com outra franquia quando chegou a um acordo com o Indiana Pacers no ano passado, os Suns igualaram a oferta e Ayton permaneceu por mais uma temporada.


A saída de Deandre Ayton parece questão de tempo, com isso, a tendência é de que os Suns busquem a melhor oferta pelo jogador, é aí que os Blazers entram. Enviando a terceira escolha do draft e mais alguns jogadores complementares, Portland pode conseguir um grande nome para o seu garrafão.


Deandre Ayton fará 25 anos em julho, é um jogador novo que pode agregar muito ao elenco do Portland Trail Blazers. Na temporada passada, o pivô teve médias de 18 pontos, 10 rebotes e 1.7 assistência por jogo, com um aproveitamento de 58.9% dos arremessos de quadra.


Damian Lillard e Zach Lavine
Imagem: Reprodução/Blazer's Edge

Zach Lavine (Chicago Bulls)

Os Bulls seguem em um projeto de construção de um elenco que brigue pela classificação direta para os playoffs e, segundo alguns rumores, a equipe está disposta a trocar o seu ala-armador.


É uma troca que não faz muito sentido para Chicago, visto que os Bulls renovaram o contrato de Lavine na última temporada por 5 anos com uma média de 43 milhões de dólares por ano.


Contudo, a equipe parece estar mais disposta a iniciar um rebuild. Alguns reports indicam que os Bulls se reuniram com o prospecto Scoot Henderson e parece que a equipe tem bastante interesse em investir no jogador.


Para o Portland Trail Blazers, é uma troca que agregaria muito valor ao seu quinteto titular e que seria uma peça de confiança para Lillard. Os Blazers buscam um veterano experiente e Lavine pode assumir bem esse papel.


Na temporada 2022/23, Zach Lavine teve médias de 24.4 pontos por jogo, 4.6 rebotes, 4.5 assistências e 38.9% de aproveitamento do perímetro, em 67 partidas.


Pascal Siakam (Toronto Raptors)

Talvez a melhor opção para os Blazers. Os Raptors querem reformular seu elenco e buscam trocar suas estrelas (Pascal Siakam, OG Anunoby e Fred VanVleet) nesta offseason. Portland poderia muito bem aproveitar a oportunidade e oferecer sua terceira escolha.


É um jogador que atende os requisitos defensivos que a equipe busca e que pode trazer consigo bastante volume também para o ataque, tanto com bolas de três quanto no garrafão. O pivô formaria uma dupla bastante intrigante com Damian Lillard e colocaria os Blazers em uma posição de competitividade bem maior no cenário do oeste.


Siakam terminou a temporada 22/23 com médias de 24.2 pontos, 7.8 rebotes e 5.8 assistências por jogo, tendo um aproveitamento de 48% nos arremessos de quadra (32.4% da linha de três).


O pivô entrou em quadra em 71 partidas da última temporada, sendo 86.5% dos jogos.



31 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page